Google+ Followers

quinta-feira, 31 de maio de 2012

O carrossel de Deus



Vida e Morte na ponta do meu pincel,
Morte e Vida girando num carrossel!

A vida é como formiga,
A morte como elefante.
A morte é uma amiga,
A vida é um instante.

Morte e Vida na ponta do meu pincel,
Vida e Morte girando num carrossel!

A vida é como estrela,
A morte constelação.
A morte silente vela,
A vida soa em canção.

Vida e Morte na ponta do meu pincel,
Morte e Vida girando num carrossel!

À sorte de ser vivida!
À ira de não ter sorte!
Há morte no fim da vida!
Há vida após a morte(?).

3 comentários:

  1. Nossa amigo, me arrepiei com o poema!
    LINDÍSSIMO!!! PARABÉNS!!! \o/
    Abração

    ResponderExcluir
  2. Composição original e belíssima! Parabéns!

    ResponderExcluir