Google+ Followers

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Briga de casal


Quando o caldo entornava
Era um pega-pra-capar
E começava a se odiar
Quem a pouco se amava.

Minha mãe lá de dentro gritava
Me respeite, seu canalha!
Se meu Deus de mim não valha,
Te mostro os quatro cantos da casa.

Meu pai assim respondia
Cale a boca, sua vadia!
Bicho brabo, se amansa,
Ou te mostro como se dança.

Mas depois da tempestade
Vinha sempre a calmaria
E não havia inimizade
Que o amor não curaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário